A tecnologia, os consultores e as putas … O puro poder do capitalismo SELVAGEM na sua vertente mais imoral … O sistema fiscal do(s) Governo(s) a condizer.

Nos últimos 25 anos tenho vindo a assistir  a fenómenos em sequência que me fazem chegar à conclusão que estamos em Angola a criar o sistema capitalista na sua vertente mais cruel e imoral que existe. … A perda de princípios de ética, moral e responsabilidade social das empresas que, para poderem sobreviver neste ambiente têm que, cada vez mais pensar no que não tem valor, o dinheiro, e viver neste sistema “cão”.

Como não sou orador ou mesmo escritor, passar o “feeling” para papel é algo que não é fácil pois expressar por escrito ideias e conceitos que estão no “back of my mind” muitas vezes enrola os dedos e a digitação mas tentemos.

O sistema fiscal que os países criaram é de tal forma predatório que qualquer “E”mpresário ou “I”nvestidor ao longo dos últimos 25 anos, deixou de “investir” dinheiro “SEU” … Porquê ? Porque tem no Estado um sócio que leva a tesouraria toda da empresa sob forma de impostos, deixando muito pouco para ele … Qual a reacção ??? Arranjar um “pato” … Quem é  o “pato” ?? Pode ser outro “I”nvestidor menos cuidadoso, pode ser a bolsa, pode ser um banco que faça o financiamento com colaterais sobre avaliados … Pode ser qualquer deles, mas qualquer “I”nvestidor experiente hoje em dia não investe dinheiro seu.

Ao mesmo tempo os Estados criaram um sistema de “viver do crédito dos fornecedores” … Por arrasto as grandes empresas, onde se incluem os bancos, membros executantes do capitalismo puro, fazem o mesmo … São as PO´s …  Fazem-no para tudo ou quase tudo … Terceirizam quase tudo o que fazem mesmo na operação do seu “core” … E para que isto funcione, existe um leque de fornecedores que “responde” o que se pede… O(s) Estado8s)/Empresa(s) dão PO´s e vão pagando … Ele fornece … O(s) Estado(s)/Empresa(s) não pagam … Eles suspendem … Isto é grave na terceiração de serviços básicos como o lixo … Máquinas ficam paradas porque o cliente não paga .. Se a estrutura fosse do(s) Estado(s) o impacto seria minimizado porque os “funcionários”, mesmo que mínimos, recebiam o salário e tinhas as máquinas e iam fazendo… O formato actual, não fazem … Não há pagamento não há serviço … MAS NÃO é esse o tema deste artigo .. O tema são as putas … Está relacionado mas não é o tema … Continuemos …

Este é o quadro geral … Onde entra a tecnologia, os consultores e as putas ???

Ora bem …

No quadro descrito, a responsabilidade social das empresas,  entenda-se, dar emprego e ocupar o tempo dos cidadãos, deixa de ser algo que o Investidor/Empresário pode fazer … Não tem como !!! Então o que faz ??? Age como “gestor de putas” … Não dá emprego a ninguém, ou só dá emprego fixo ao que se chama de custos mínimos de estrutura. … O que faz ?? Contrata “recursos” que estão no mercado ( se fôssem putas, conforme o estilo, estariam nas esquinas ou nos apartamentos de luxo …) …

E é aqui que entra todo este processo capitalista imoral, selvagem e sem responsabilidade social associado a Estado(s) que alinham e alimentam todo o sistema …  Não há emprego formal que permita às “putas” terem sustentabilidade continuada e planificação da sua vida. … NISTO de emprego formal garantido,  SÓ EXISTE uma classe … Quem faz as regras, isto é, os funcionários públicos e os políticos … Só eles é que têm garantia de continuidade SEM TRABALHAR ou trabalhando muito pouco …  O resto do povo ( as putas ) que se vire !!

E é neste “se vire” que entra o resto dos membros que capitalismo selvagem que nos últimos 25 anos se instalou e continua a instalar pelo Mundo. … As empresas que, para sobreviverem e criarem formas de conseguir manter-se a funcionar, criam métodos que exigem “CERTIFICAÇÕES” …

As “putas” para conseguirem sobrevivem têm que se “certificar” em determinadas coisas,  factor necessário para conseguirem ser contratadas para fazer “serviços” … O(s) Estado(s) e Empresa(s) exigem que só “certificados” podem fazer determinados trabalhos … 

As tecnologias de informação, muita consultoria, a metereologia … Quase tudo … Nos dias de hoje,  até coisas simples como contabilidade ou marketing,  precisam de ser feitos por “pessoal certificado” … MAS esse pessoal não pertence às empresas … Por várias razões … a- O ambiente não permite á empresa manter essas pessoas …  b- Essas pessoas, depois de certificadas, geralmente via uma empresa onde começam a trabalhar, ficam a saber o seu valor e muitas preferem virar “putas” porque ganham mais…

E é isso …  As tecnologias, os consultores e as “putas” são hoje o método de trabalho deste Capitalismo SELVAGEM !!! Empresas de 100 anos ??? Esqueçam !! O valor do que tem “valor” como fazer parte de “algo que se constrói” ???? Esqueçam !!!  Não está na MÉTRICA do Capitalismo Selvagem …  No processo trucida-se !!!… Empresas menos bem geridas ou avisadas que aceitam PO´s que por alguma razão não são pagas vão á falência !!! Qual é o problema ???? Empresas que criam valor, dão emprego, pagam elevados impostos, são qualificadas para concurso da MESMA FORMA que os “snipers” que usam as “putas” caso a caso …

É este o Mundo que quero ????? Eu não !!

Consigo mudar algo ??? Hoje não !! Já não tenho pico para lutar contra este tipo de coisas !

Irão os meus filhos e netos estar interessados em lutar contra isto ?? Sinceramente não creio !! 

Irão os Governantes mudar as coisas ??? Não creio … Afinal a cambada improdutiva atingiu números tão elevados que são eles que votam ao abrigo de constituições “moles” onde as coisas se resolvem por voto “popular” …

Falando de VOTO POPULAR !!! Isto é anedota ???  Então e o conflito de interesses ???? Os códigos de ética não dizem que quem tem conflito de interesses não deve interferir em actos onde eles estejam presentes ????   O voto popular / dito democrático DEVIA IMPEDIR os políticos e os funcionários públicos de VOTAR !!! Só assim haveria alguma justiça …   Como isto não se deve conseguir, então, NÃO CREIO QUE ISTO MUDE …

O que vai acontecer ?? Tecnológicamente, e agora sem putas, isto vai persistir até ao Control/Alt/Delete do Mundo … Lamento pelos meus filhos e meus netos, mas creio que não haverá outra solução !! Quando já não houver pagadores de impostos para “alimentar” os parasitas só uma revolução resolve isto !